20 de setembro de 2010

A de AHAM, B de BULLYING, G de GRAAAATO!



Agradeço a quem me deu rasteira na escola
A quem escondeu minha bola na quadra do condomínio
A quem roubou minhas 'gudes' e me fez sentir como um idiota

Obrigado, de coração, a quem mangou de mim no Salesiano
A quem praticou o bullying contra minha pessoa na pré-adolescência
A quem me deixou sozinho chorando na sala da 6ª A quando perdemos a gincana do CCPA

Gratíssimo sou ao coleguinha que fechou o portão na minha cara e fez com que eu lascasse a testa
A todas as meninas que disseram não quando eu chamei pra dançar forró
A todos os meninos que me excluíram das brincadeiras porque eu era mais afeiçoado às meninas

Meu pleito de gratidão aos professores que torturavam para evitar que eu comandasse rebeliões
Ao dono da cantina que me deixava comer e só pagar no final do mês
À colega do 3º ano que me ensinou a fumar como forma de me rebelar

Sou grato às namoradas pela paciência
Aos namorados pela deferência
A quem não me quis pela preferência

Obrigado aos que me alertaram para cair fora dessa profissão enquanto havia tempo
Aos que me ignoraram solenemente ou mesmo sem nenhum protocolo
Aos amigos que me bloqueiam e/ou me dão unfollow

Sobretudo, muito obrigado por me mostrarem que não adianta fingir
Nós somos desprezíveis e nos importamos apenas com o que nos afeta
Muito grato por me fazerem sugar todo esse leite para, finalmente, entender porque é tudo fake

Um comentário:

Pedro disse...

Sem palavras, é um tapa na nossa cara, a verdade nua e crua. O grande barato do mundo melhore é que vc fala de coisas que sempre nos acontecem mas que são escondidas por nossa mascara indvisivel e que vc insiste em retirar com uma simplicidade que não chega a chocar, mas que deixa todos anestesiados e em estado de reflexão. Quero ver mundo melhore em livro no futuro. Sucesso