12 de janeiro de 2007

Aumentaram o preço pra gente parar?

Fui comprar minha querida carteira de Marlboro hoje e a supresa: aumentou de R$ 2,90 pra R$ 3,40.

É pra fazer a gente parar? Desistam. Ou eu troco de cigarro ou trabalho mais pra ganhar mais e comprar.

Diminuíram o preço do Carlton de R$ 3,10 para R$ 3. É uma opção.

Ok, eu sei que eu deveria parar porque fumar faz mal à saúde e blá blá blá... mas agora não, tá?

Olha só o que pensa o Dráuzio Varella:

"O preço do cigarro brasileiro nos enche de vergonha nos fóruns internacionais, porque há uma infinidade de inquéritos epidemiológicos demonstrando que pequenos aumentos reduzem substancialmente o número de fumantes e o número de cigarros diários dos que continuam fumando, especialmente entre os adolescentes."

Nhá pra ele. CALABOCA, DRÁUZIO!

Aliás, o Dráuzio pode ter site, mas as empresas de cigarros não. Então tá.
Mas patrocinar esportes pode? Eu, hein!

2 comentários:

Ítalo disse...

Uma atitude inteligente...
Parar de Fumar!
Sucesso!

tiago disse...

Caro Rodrigo, não tenho nada contra o hábito de fumar desde que o único ser vivo a respirar a fumaça seja o próprio fumante e ... em fim... é... Desculpa cara odeio cigarro, óbvio que exigir de um fumante que ele pare de fumar é idiotice. Cada um faz o que quer da vida. Só não venha estragar a minha. Por tanto se o ar que eu respiro não está poluído com a fumaça... bicho... pode se matar à vontade... eu, particularmente, planejo morrer numa praia à três horas de uma tarde linda e levemente ensolarada, tendo o rosto acariciado por um filho ou filha dizendo que me ama muito, com uns...102 anos de idade e de morte natural. E que todos ao meu redor estejam com um leve sorriso no rosto com apenas uma lágrima a rolar em suas faces.